quarta-feira, julho 13, 2005

Sétima arte


Recomendo vivamente o filme “O Aviador”, dirigido por Scorcese, e que retrata a vida do excêntrico milionário norte-americano Howard Hughes (interpretado primorosamente por Leonardo DiCaprio). É sem duvida um filme desconcertante e que merece ser visto com toda a atenção. Já está disponivel em DVD.

Por outro lado, “A Guerra dos Mundos” de Spielberg e com Tom Cruise no papel principal, apesar dos bons efeitos especiais, deixou-me um pouco desiludido. É mais um filme tipicamente americano onde os EUA são o centro de mais um ataque extraterrestre. Dá para entreter mas arrependi-me da escolha em detrimento do ir ver o "Madagáscar", cuja versão portuguesa conta com as vozes dos Gato Fedorento!!

4 Comentários:

Blogger MAR said...

Ainda assim não deixa de ser interessante esta versão da Guerra dos Mundos (filme que à partida tem pouco valor artístico mesmo sendo de Spielberg) abordar ao de leve a temática do terrorismo. Quando as naves atacam, as pessoas perguntam-se se será um ataque terrorista o que mostra bem os fantasmas do 11 de Setembro e o medo que os americanos ainda sentem. Também estou ansioso por ver o Aviador. Um abraço!

quarta-feira, 13 julho, 2005  
Anonymous AJRamos said...

Desde já, um grande reconhecimento para as equipas de dobragens portuguesas para os filmes infantis e juvenis, estão cada vez melhores e desde o primeiro que se não me falha a memória foi o "Rei Leão" são um caso sério de excelente trabalho e que comparados com os nossos vizinhos espanhóis que toda a vida dobraram tudo, levam cá um baile! Pelas vozes e pela animação recomendo o Madagáscar (que já tive de ver em detrimento de outras escolhas, é a vida boa de quem tem filhos pequenos) mas um pouco mais de história a exemplo de outros da mesma produtora não lhe ficava mal, já estou ansioso pela saida do próximo "Idade do Gelo 2". De resto muito bem feito. Mas também nestas coisas do cinema acho que o que vale é a nossa opinião e as nossas escolhas, pois os gostos são o que são e se há coisa que eu nunca entendi são os criticos de cinema. O que os leva a dizer muito bom ou muito mau, não será apenas o seu (deles) gosto pessoal ou opinião?

quinta-feira, 14 julho, 2005  
Blogger AnaCristina said...

Pois... dá-me a sensação que temos gostos trocados. "O Aviador" foi pra mim uma completa desilusão... Confesso que não aprecio o Di Caprio mas pôr um "carinha de puto" a fazer o papel de homem maduro não parece a escolha adequada... mas é só a minha opinião.
Quanto ao Madagáscar, recomendo vivamente as duas versões, a dobrada com os Gatos e a original com o Ben Stiller e Chris Rock... estão excepcionais! No que respeita à história propriamente dita, concordo plenamente com o ajramos... Já fizeram melhor!
A "Guerra dos Mundos" não vi ainda... mas desiludi-me com o "Sin City" (sem comentários porque não os merece!).

quarta-feira, 20 julho, 2005  
Blogger D. Nuno Álvares Pereira said...

Tenho que concordar com o amigo Ramos, a Idade no Gelo é um filme genial, tanto para adultos como para crianças.
Quanto aos críticos de cinema partilho também da sua opinião. Creio que muitas vezes os críticos lusos são levados pela influência da opinião dos críticos americanos e que estes últimos são muito "vulneráveis" a pressões por parte da editoras.
Normalmente, a minha críica, de quem se limita a gostar ou não do que vê sem rodeios, é diferente da dos pseudo-intelectuais cinéfilos, mas quanto à Guerra dos Mundos cidiu, o que é mesmo uma pura coincidência.

Ana Cristina, ainda não vi o Sin City mas amigos meus já me disseram que gostaram bastante (visite o optimista céptico (link lateral) e leia a crítica).

Abraços a todos

segunda-feira, 25 julho, 2005  

Enviar um comentário

recomendar:

Criar uma hiperligação

<< Home